segunda-feira, 10 de maio de 2010

Aconteceu....




Aconteceu um fato semana passada comigo, eu fiquei remoendo, remoendo, mais como vocês já me conhecem um pouquinho, não é bom guardar para si mesmo...Então resolvi despejar no blog, como se fosse alguma coisa ruim e de alguma maneira, não sei como, mais vocês me ajudam a aliviar a minha angustia...
Vocês sabem que eu não sou de guardar rancor, sou uma garota, alegre, feliz de bem com a vida e comigo mesma, uma garota “bacanuda” e humilde rsrsr às vezes tímida, sempre tive esse problema da timidez, mais com tempo a gente vai resolvendo. Já estou fugindo do assunto, já me tornei quase uma psicóloga de falar de mim mesma... haha
Mais lá vai o assunto, o fato, a história que segue....
Eu liguei para uma escola daqui que estou pretendendo fazer um curso de web design e Criação gráfica, então sabia que essa escola estava com matrículas abertas. Sabe como é cidade pequena, nem sempre tem os cursos que a gente quer, é tudo a manivela.rsrrs
Informei-me o preço, o horário essas coisas básicas, mais o tal curso fica no segundo andar, então perguntei pra secretária..
-Tem elevador?
-Não.... Mais pra que precisa elevador?
-Eu uso muletas
-Ah! Que chato! Então a  gente te puxa com uma cordinha....(ouvi uma risadinha maldosa no outro lado da linha)
Nossa essa hora o sangue subiu, e eu fiquei sem ação, parece que travou minha voz não saia, mas, poxa pensei sou um ser humano como qualquer um, só com alguma limitação, e quero o direito de  ir e vir como qualquer pessoa comum.
Ela propôs pra alguém me carregar, mas, não aceitei nossa gente isso é muito constrangedor, depender dos outros... E nós deficientes queremos nossa independência custe o que custar... Ela falou também se alguém me ajudasse, se eu não subiria, falei que não, que eu não consegueria,(a funilaria tá ruim rsrsr) Primeiro falou que tinha doze degraus a escada, na segunda ligação ja aumentou para vinte e dois degraus... Nossa gente eu subindo isso tudo chegaria lá em cima quase morta... :D
Então ela propôs em falar com alguém da direção e no outro dia retornar a ligação... Eu aceitei porque é a única escola na minha cidade que tem esse curso :(
No outro dia ela liga, falando que não teve jeito...
Eu falei pra ela, que o triste que aquele prédio é uma construção nova, mais depois fiquei sabendo como o prédio é de dois andares, não tem nenhuma lei que exija elevadores nesses casos ou até uma rampa, só à  partir de prédios de quatro andares, então só se tiver algum acordo com o dono, que acho muito difícil... Mas, vamos ver no que dá!
E o assunto da cordinha, foi pura ignorância e também preconceito da parte da secretária, e ninguém sabe o dia de amanhã,  eu não desejo mal pra ninguém vocês sabem como sou uma garota legal. Mais se por um acaso da vida a pessoa que propôs isso, também precisasse, ela iria sentir na pele como é viver em uma cidade nada acessível. Quem sabe um dia ela também precisará de uma cordinha... (não resisti)
Eu quero que com isso as pessoas, o prefeito, o governador, o presidente, seja lá quem for, olhem mais as necessidades de uma cidade, não só a acessibilidade das ruas mas, também a acessibilidade dos prédios, até dos comércios... Porque quanto  mais acessível a cidade, mais as pessoas vão poder circular sem nenhum problema seja ela cadeirante, muletante, idosos ou até "normais". Isso é uma necessidade de uma cidade em si.  Onde todos possam ir e vir como qualquer cidadão...Quero também chamar atenção que somos seres humanos e só com alguma deficiência, queremos ser respeitados como qualquer cidadão.

Desculpe o desabafo!!!! Estava precisando.. :)
Beijos Muletantes =]
Boa semana pra todos!!!!

10 comentários:

  1. Tuigue!!!
    Bota a boca no mundo! Tolerância zero! Vai lá rodar a baiana, colocar a cordinha no pescoço da abusada - ou do abusado.

    Sinceramente, é tão idiota que parece inacreditável.

    Tô indignado com vc!

    Atílio

    ResponderExcluir
  2. Atílio!!!
    E vc acha que aqui no blog não é um modo de colocar a boca no mundo???
    Sinceramente é um absurdo! Mas, para processar a pessoa que falou esse despropósito, vc sabe como é o Brasil, tenho que ter provas e isso eu não tenho. Vai ser minha palavra contra a dela. Você não sabe da missa à metade... E ela nem merece tanto empenho meu não achas? Mais eu sou Brasileira, e não desisto nunca...
    abraço!

    ResponderExcluir
  3. JÁ ESTOU AQUI...........BJSSSSSSS

    ResponderExcluir
  4. OLHA TUIGUE,POR ISSO QUE SOU ESTUDANTE DE DIREITO ISSO QUE A MOÇA FALOU NÃO É IGNORANCIA É CAVALICE MESMO,PENSANDO BEM UM PRÉDIO ULTRAPASSADO QUE NÃO TEM ELEVADOR NÃO MERECE SUA PRESENÇA,ELA NÃO MANDAR TER ELEVADORES?POIS BEM VAMOS MUDAR ISSO..BOM DA PROXIMA VEZ VÁ ATÉ O LOCAL COM ALGUEM SEJA CONSTRANGIDA E PROCESSE ESSES BABACAS POR DANO ,MORAL.......FORÇA E CORAGEM..

    ResponderExcluir
  5. no meu blog postei sobre sexo da uma olhadinha pra ver se vc gosta bjo lindona deixa ninguem tirar onda com, sua cara não vc é cidadã........

    ResponderExcluir
  6. Obrigada Fer!!!!
    Deixo não!!! Vou fazer o curso de outro modo!!!! Vou dar uma olhadinha sim!!!! Bjos!

    ResponderExcluir
  7. Renata, na próxima vez eu ligo para você, sou bom em palavras de baixo nível.
    E se você não sabe adoro propor açães de danos morais contra os ditos normais. Eles pensam que queremos ter limitações, não sabendo que amanhã pode ser o dia deles.

    Renato/Naldo

    ResponderExcluir
  8. Obrigada Naldo!!!
    Olha que eu peço mesmo!!!!
    Eu tbm estou com vc, o que eles pensam que são, melhores que nós "Deficientes", amanhã pode ser eles!!!
    E Obrigada por sempre está aqui de alguma forma me ajudando!!!! Bjos!!!!

    ResponderExcluir
  9. Que bom Thais, e fique a vontade!!!
    Bjos!!!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita. Volte sempre!