quarta-feira, 24 de novembro de 2010

O mundo mudou?

O mundo mudou tudo mudou, as pessoas mudaram, nada é mais como era antes e você, será que tem que acompanhar esse ritmo, essa loucura que tornou esse mundo.... Agora falando da estética, se você não for uma modelo de 1,80 com 50 quilos você está fora dos padrões medidos pela sociedade, toda mulher (e também os homens, vai eles estão se rendendo aos poucos.) tem que estar dentro dos padrões das revistas de modas, não pode ter nenhuma ruga, celulite e estrias nem pensar... rsrs

Agora vamos para a realidade, será que essas pessoas estão normais mesmo?  Pensando no corpo na estética do mesmo, claro que é importante cuidar da saúde, ter um corpo legal também é bom, mais quem não pode ter o que fazer? Imagina então uma pessoa deficiente como nós, por um acaso da vida se acidentou ou possui uma deficiência de nascença como a minha, que sempre haverá uma perna torta, uma coluna meio de lado... A gente também se preocupa em estar bem, mais penso que essa estética que esse mundo louco criou, gente fazendo plásticas todo dia, lipoaspiração é muito doido, eu não me acostumo com isso... Não mesmo... Parece que estamos criados para serem robôs perfeitos... Claro que é bom estar de bem consigo mesma, mas penso que a vida vai além dessa loucura toda, atrás desse corpo há uma alma, um ser humano com defeitos e qualidades... As pessoas estão muito ligadas ao corpo e se esqueceram dos sentimentos, do amor de tudo que há de mais bonito nessa vida... As pessoas esquecem-se das coisas mais importantes da vida e se focam em coisas tão superficiais...
Mesmo sentada com as minhas perninhas magrinhas e minha coluna torta, (e minha barriguinha de lesada, que cresce a cada dia rsrs) me sinto acima disso tudo, mesmo com a deficiência acho que se estamos bem arrumados, cheirosinhos e limpinhos rs, já está bom demais... Depois que fiquei sentada aqui nessa cadeira vermelhinha algumas mudanças no meu corpo acontecerem e eu tive duas escolhas:
1- Me adaptava a essas mudanças...
2- Ou eu brigaria frequentemente com as mudanças que aconteceram no meu corpo...
Bom, como vocês sabem sou uma menina "bacanuda" eu escolhi a opção mais sensata, me adaptei e pronto e sabe que está sendo muito interessante, sempre tem a parte boa da história...
A mãe sempre diz: Se você reclama da vida atrai mais acontecimentos ruins, então não reclame e também não quero que o blog vire  o muro de lamentações da Terra Santa, rsrsrs
Se aceitamos nossa condição, estamos felizes com nós mesmos, isso é muito bom, simboliza que aceitamos a nossa condição, nosso corpo do jeito mais torto que ele se apresenta e esse sim é um caminho para a felicidade, se aceitar do jeito que você é... A diversidade está ai para isso para  se espelhar uns aos outros... A vida não é feita de pessoas perfeitas, você está sempre rodeado de pessoas diferentes umas das outras... A vida é feita de diferenças, cabe a você se adaptar a essas diferenças que sempre encontrará no seu caminho...   E ninguém  é perfeito, somos seres humanos, e uma estria, celulite, uma gordurinha faz parte...   Penso que há coisas mais importantes, a juventude passa, nosso corpo muda, o que fica é a sabedoria, o que aprendemos durante a vida...  Então deficientes podem e devem ser bonitos, mesmo com a deficiência, temos tantos atributos muitos mais importantes além de um corpo “tortinho”... Seria tão chato se todo o mundo fosse igual, imagina? Imaginou? Então a diversidade faz a vida ter mais beleza... Todo mundo é estranho, eu sou estranha... rsrsr  Vamos conviver com a estranheza desse mundo... 

“Ser feliz sim, viver sim, se preocupar às vezes, e tornar a felicidade constante em sua vida,é o segredo para uma vida melhor”
  


Agora meu ego narcisista  gritou mais alto, então decidi postar uma foto que eu gosto... hehe  Eu gosto dessa foto, nem sei o motivo, mais gosto dela.... rsrsr

Beijos Muletantes =]

6 comentários:

  1. Tuigue, como vai?
    Reparei sua presença no meu orkut e resolvi 'fuçar' pra ver quem era vc. Tive a grata surpresa de encontrar seu blog. Gosto muito do jeito que vc escreve... leve, descontraído e direto. Vc é das minhas... rss

    Adorei o texto!

    Um beijo... já estou te seguindo.

    ResponderExcluir
  2. A vida não é feita de pessoas perfeitas, você está sempre rodeado de pessoas diferentes umas das outras...

    Exatamente, "Ninguém é igual a ninguém" já ouvi isso em algum lugar, em alguma rádio, talvez cantado pelo Engenheiros do Hawaii.

    A vida é feita de diferenças, cabe a você se adaptar a essas diferenças que sempre encontrará no seu caminho...

    Pura inspiração, estou contigo e não abro, fechou...

    Beijos minha amigona.

    ResponderExcluir
  3. Estava lendo teu texto e lembrando de mim e do meu love. Bom, como vc sabe, eu sou gordinha e vez ou outra sou obrigada a sair com minhas muletas encantadas para poder flutuar pelas ruas de Floripa. O meu love é magrinho, surdo e tem problemas de coordenação motora no braço direito. Imagina a cena dos dois na rua. Não passamos despercebidos né? hehehe Mas a gente se ama tanto, exatamente assim, diferentes, perfeitos, incompletos, puros, malacabados, apaixonados. Que se dane a mídia da magreza, do bumbum durinho, do silicone...eu quero mais é ser feliz, e sou. Meu Márcio também é. Quando olho nos olhos do meu love o que vejo é o mais lindo sentimento que Deus nos deixou: o amor ao próximo. E o que levamos não é o corpo, mas sim a alma.

    VC SIMPLESMENTE ESTÁ LINDA NESTA FOTO TUIGUE.

    BEIJOS

    ResponderExcluir
  4. Kaká: Obrigada!!! Temos que ser leves para uma vida melhor!!! Vi também que vc é Catarinense!!! hehe Bjos!!!

    Luiz: Com certeza é verdadeiro que vc falou, "Ninguém é igual a ninguém", vamos celebrar a diferença e ser feliz!!! Aliás adoro Engenheiros do Hawaii.. Bjão meu Amigão MR Losea.. ;)

    Kekel: Nossa amiga que lindo isso, é isso mesmo por fora somos só uma casca, gordo, magro, alto, baixo... Que bacana que seu amor tbm é def... Obrigada pelo "Linda" rsrsr Bjocas flor!! ;)

    ResponderExcluir
  5. Viver sobre minhas quatros rodas me faz ser a diferença no universo dos ditos "normais", é como nos sabemos amiga Renata, a Diferença faz a Diferença, rsrs, porém só nos Portadores sabemos.
    Não se esqueça!!

    Bjos

    Obs: você tá ficando letrada a cada dia, seus textos estão perfeitos, dentro da atualidade.

    Obs2: estou a procura de uma mulher bacana para 1, 2, 3, rsr, relacionamentos!

    Bjs


    Renato

    ResponderExcluir
  6. Você tem razão Renato, só nos sabemos o que passamos como cadeirantes!!!
    Agora fazer do meu blog cupido... rsrs Como vc é um amigo de longa data não me importo, mais então vamos fazer direito... hehe

    Bom meninas o Renato é um cadeirante mineiro de Belo Horizonte... Quem estiver interessada só mandar um e-mail para muletascorderosa@gmail.com

    hehe Gostou? bjs!!!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita. Volte sempre!