segunda-feira, 5 de abril de 2010

Ah! Que pena!!!

Sabem quando estamos na rua, com nossas muletas, cadeiras, sem pernas, com nossas deficiências aí vem alguém e pergunta:
-É acidente?
E geralmente, tem que explicar toda aquela história que você já sabe, e explicou um trilhão de vezes...
No meu caso, tenho que falar defeito de fábrica mesmo, ou então nasceu assim mesmo... Nossas histórias às vezes são tão interessantes, que até daria um roteiro para uma novela não é não? Sei que a pessoa não tem culpa, nós nascemos com uma curiosidade, sempre vai ter alguém que vai perguntar... Depois ainda fala num tom mais baixo e ah! Que pena! Que Pena você nascer assim doente... 

Doente? Doente não sou não, só tenho uma deficiência, se algum dia estiver com uma gripe daquelas, aí sim estaria doente... Não sei por que a pessoa tem sempre essa idéia, de que se você está em uma cadeira é doente... Não sei se com vocês, mais comigo já aconteceu várias vezes essa situação... Depois quando se despede ainda dar os parabéns, por você está sempre feliz, sorrindo... Mais sei lá esse é meu jeito mesmo, desde pequena eu sou assim, fico rindo a toa . : D Depois você fica pensando, será que todas pessoas também pensam assim? Ainda bem que não, né gente!!! Sempre tem pessoas legais nesse mundo, que nos tratam normalmente... rsrsr (palavra estranha "normalmente") Você pode mostrar a ela, que estar numa cadeira, não é sinal de doença, claro que vamos ter aqueles dias, que acordamos de mau humor, todo mundo tem isso, e porque nós seríamos diferente né?.... rsrsr Tomara que nesse dia não encontre ninguém que me pergunte...
Mais se encontrar prometo que vou me controlar.... rs
É isso aí!!!!
Beijinhos!!!
Até o próximo post!!!

(Imagem retirada do google)

7 comentários:

  1. Olha ai, minha amiga, o universo conspirando...
    Acabei de postar a primeira parte de um "discursso", sobre esse lance de "normal".
    E é uma pena que a ignorancia ainda espalhe por ai essa semente,de quem é diferente por qualquer razão é "doente"...
    Concordo com vc, se tiver gripada ai sim tá dodói,caso contrário...Vc é vc, saudável do seu modo!

    ResponderExcluir
  2. Oi amiga,doente é a cabeça deles,tem cada um que a gente encontra por aí!!kkkkkk
    Mas fazer o que?O sol nasce pra todos..bjs

    ResponderExcluir
  3. Menina, eu sei demais o que é isso. Uso uma muleta devido ao problema na perna direita.Você realmente tem que contar tudo o que aconteceu e ele te olhando com cara de "coitada da mocinha, tão novinha". Mas confie em Deus, uma dia você fica boa. E eu tava doente? E quando a paciencia ta curta, eu digo: foi acidente de moto. A cicatriz parece demais :DDD e eles param de pertubar!

    ResponderExcluir
  4. Meninas!!!
    Vamos viver com nossas "anormalidades", mais felizes, isso que importa...
    É assim mesmo, preconceito é foda!!!
    Bjinhus!!!

    ResponderExcluir
  5. "Foi acidente?" é uma das perguntas que os malacabados mais receberam na vida, di certeza, né, flor?! Fiquei muito contente em vir aqui no seu espaço e saber que está aberta a mais nova frente de batalha rumo à dominação do mundo, ai pelas bandas do Sul.... e vc é uma excelente capitã! ;) Desejo longa vida para este espaço que vem somar num esforço conjunto de fazer a vida de muuuitas pessoas um bocadinho melhor!!! Grande beijo

    ResponderExcluir
  6. Nossa Jairo!!!!
    Fico muito feliz vindo de você, o capitão dessa turma toda de "Malacabados"!!!
    Obrigada!!!
    Beijo!!!!

    ResponderExcluir
  7. Sofri um acidente aos 20 anos de idade, fiquei tetraplégico, ... Realmente é perdemos o norte "ficamos sem radar", passamos por uma fase de luto, mas depois tudo volta ao normal.
    Quanto às explicações eu gosto, já fiquei bom em respondê-las. Mas quando inicio a falar sobre o que quero, eles sai fora, será por quê? Gosto da parte sexual, precisamos deixar claro alguns pontos, mas eles não permitem.

    Renato

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita. Volte sempre!